Como o gaming está a alterar o marketing digital

Como o gaming está a alterar o marketing digital

Há fenómenos que alcançam proporções tão grandes que acabam por gerar uma máquina publicitária. O videojogo Fornite é um desses fenómenos, capaz de gerar milhares de conteúdos que atraem publicidade.

 

Como refere a Forbes, em apenas um ano mais de 50 mil milhões de visualizações de vídeos deveram-se a conteúdos relacionados com esse videojogo – desde tutoriais, gameplays ou até reviews. Isto foi responsável por tornar o Fortnite num dos tópicos mais vistos, atingindo uma grande fatia de público. A maioria desses conteúdos relacionados com o jogo não pertencem à comunidade gamer, o que acaba por ser a prova de que o fenómeno atinge tanto uma comunidade gamer como também chega a um público mais vasto e genérico.

 

Ora, este interesse generalizado pelo fenómeno acaba por atrair uma série de marketers e de anunciantes. O Fortnite acaba, ele próprio, por ter uma máquina de publicidade associada e que nem parte da sua própria promoção. Isto porque o conhecimento generalizado se deve também a conteúdos por parte de influencers que acabam por promover o videojogo – veja-se a tendência criada com o “Fortnite Dance Challenge” trazido pelo canal Eh Bee Family.

 

Assim como estes, outras marcas seguem-lhe os passos, o que significa mais conteúdos e mais patrocinadores e publicidade. Esta equação (mais conteúdos, mais visualizações, mais publicidade) acaba por ser uma relação dependente e muito útil para o mercado do marketing digital pois um simples conteúdo consegue chegar a tanta gente. O desafio está em identificar grandes fenómenos que vão chegar a tanta gente de forma a espalhar a sua mensagem.

 

Fonte

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.