Produção de leite sem lactose cresceu 11%

Produção de leite sem lactose cresceu 11%

O consumo de leite sem lactose está a crescer de tal maneira que levou a um aumento de 11% na produção desta alternativa, a nível mundial, desde 2014. Dados desvendados pela Tetra Pak no relatório “Lactose free dairy products” revelam que a produção de leite normal, por outro lado, apenas cresceu 0,3%, no mesmo período de tempo.

Por região, verifica-se que o maior salto na produção de leite sem lactose tem origem na Europa de Leste (+14,5%) e que o menor diz respeito à Ásia-Pacífico (+7,2%). Quanto ao leite normal, registou crescimentos, ainda que ligeiros, na Europa de Leste (+0,5%), Ásia-Pacífico (+3,2%), Austrália e Nova Zelândia (+0,8%) e Médio Oriente e África (+2,35). Por outro lado, recuou na América Latina (-1,9%), América do Norte (-1,9%) e Oeste da Europa (-2,5%).

Segundo a Tetra Pak, a procura por produtos livres de lactose estendeu-se aos vários pontos do planeta como consequência da globalização. Hoje, regiões onde não era habitual existir procura por este tipo de alternativa passaram a exigir a sua presença.

Outra razão apontada para o crescimento da produção de leite sem lactose a nível global diz respeito ao auto-diagnóstico de intolerância e percepção de que uma dieta livre de lactose é mais saudável.

Além do leite, aumenta a procura por sobremesas, iogurtes e leites aromatizados, o que faz com que a opção sem lactose esteja a contribuir para o dinamismo da categoria dos lacticínios.

 

Fonte

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.